Renda Extra: Brainstorm de Ideias de negócios


#21

Marco Sales, é isso mesmo, por enquanto o “I” da minha carteira irá para FII mesmo (também acho que agora não é o melhor momento para entrar). Como premissa estou focando em investimentos para só depois partir para negócios. As duas ideais acima foram como exercício de Brainstorm, o tempo está sendo o limitante para o momento, por hora somente formação de capital.

Um abraço,
Guilherme Pacheco


#22

Olá gente,

Eu saí de Fiis um pouco adiantado é verdade, mas foi pra entrar em ações e acabei ganhando mais. Aguardando a Inversão da Selic para recomprar os fiis.

Grande abraço


#24

Oi @pachecoene É, essa oferta que você pensou em fazer, do serviço de manutenção total de equipamentos modernos é algo que promete muito.
Antes, qualquer um cuidava da própria casa, chamava um bombeiro/encanador, um pedreiro, etc.
Com as casas usando tecnologia (energia fotovoltaica, sistemas usando Arduino e Raspberry PI, e a internet das coisas que vem por aí) o mercado é promissor.
Porém: o mercado ainda é pequeno (embora crescerá exponencialmente) ou seja, quem entrar agora terá que saber esperar uns bons anos consolidando marca…
E não é fácil oferecer serviços nessas áreas, porque a mão de obra é qualificada.
Agora, quanto às margens, acho que pela falta de concorrência, não são pressionadas, mas boas. O problema seria justamente o tamanho do mercado.
Se é que estamos pensando exatamente o mesmo nicho.
Abs.


#25

Oi @MarcosSales realmente contar com mão de obra no Brasil exige um perfil ZEN…rsrsrsrs…

Acho que precisa de 2 perfis: ou o cara é muito estressadão e é “bruto” com a mão de obra e aí ela anda pianinho de medo desde o começo e aí as coisas funcionam, porque a turma anda na linha “na marra”. Mas o difícil é ser assim no dia a dia, tem que ter perfil.

Ou o cara é o oposto, é relax e contabiliza o desleixo dos funcionários como custo Brasil e tenta equilibrar a matemática financeira levando isso em conta.

De todo jeito, dá trabalho.
Com relação a “comprar casa para reformar” x “FII”, eu não tenho um vencedor.

FII não dá 44% todo ano, só na queda da Selic. E quando a Selic sobe, eles podem até ficar no zero ou ter negativo.
“Comprar e reformar”, incorporar e várias outras técnicas com imóveis são negócios (e não investimentos financeiros) e podem render de 20 a 40% todo ano. É claro que no começo o cara tem uma dificuldade para montar uma equipe boa (ou seja, não é começar e tudo são mil maravilhas) mas com o tempo as coisas se ajeitam.
Por outro lado, o tempo que o FII te toma é um e o tempo que o negócio imobiliário é outro, mil vezes maior. A diferença de ganhos expressa esse tempo dedicado.

Enfim, para mim não dá para comparar investimentos financeiros versus negócios reais. Abs.


#26

Duas ideias de negócio que tive esses dias:

  1. Recebi ligações de uma empresa maldita de telemarketing e pensei: "pô, poderia ter um App que fizesse um blacklist dos números dessas empresas e já bloqueasse para mim a chamada…"
    A ideia era um tanto óbvia e pensei: já deve haver um app assim, não é possível.
    Aí pesquisei e vi que tinha. Pronto, a ideia nasceu e morreu em 30 segundos.
    Mas o importante é ter a mente treinada para ter as ideias, mesmo as óbvias. Tenho 2 projetos de app que pretendo desenvolver (depois eu falo quais aqui) que seriam óbvios, mas que ninguém ainda fez.

  2. Outra coisa é uma matéria da FSP que li: sobre Glamping.
    https://www1.folha.uol.com.br/turismo/2018/02/camping-de-luxo-e-opcao-para-quem-nao-quer-abrir-mao-do-conforto.shtml
    Acho que esse nicho vai bombar na próxima década. A margem é alta e o custo com estrutura, embora não seja pequeno (tendas, etc.), é muito menor que com construções convencionais.
    #ficaadica


#27

Penso muito no futuro comprar um terreno e fazer isso.
Embaixo espaço para Lojas em cima Quitinete.
O foco era estudantes, trabalhadores, mas pelo fato de morar numa cidade turística Natal/RN seja uma boa ampliar esses horizontes.
Ideia de aventura/turismo é massa.
Tem um projeto aqui também de interditar uma pista no final de semana para prática de atividade física.
Seria massa alugar patinetes/ patins/ bikes (já vi que tem algum aluguel desses equipamentos). Mas tá meio parado ultimamente…
Gostei muito desse brainstorm.


#28
  1. O Contacts+ acabou com minhas dores de cabeça por conta dessas ligações spam ! Bela ideia

#29

Tive 1 ideia!!! rss…Um aplicativo tipo o buscapé e outros que comparem produtos pet e nos encaminhe para as lojas. O buscapé até oferece esse serviço, mas acho q um específico seria mais legal…


#30

Bacana sua idéia @nadiatrindade1

pesquisando um pouquinho vi esse site http://www.comparepetshop.com.br/, ainda não foi lançado, mas parece que terá um objetivo parecido.

Hoje é difícil ter algo que alguém já não tenha pensado a respeito…


#31

Sobre a discussão de ganhar dinheiro com desenvolvimento de aplicativos. Alguém aqui do grupo tem alguma experiência para compartilhar onde realmente ganhou dinheiro com isso? Algumas pessoas desenvolvem apps sob encomenda e ganham pelo projeto, mas por meio de banners de propaganda ou venda do app nas stores não seria necessário um número muito grande de usuários?


#32

Boa noite pessoal, me inscrevi hoje na plataforma! Estou me adaptando! Já vi que tem bastante assuntos interessantes! Eu tenho interesse de me aprofundar na questão de afiliado! Se alguém quiser trocar idéias sobre o assunto, estarei por aqui! Obrigado


#33

Olá Rafael.

Eu também estou com interesse nesse assunto. Estou vendo os vídeos do Eduardinho, vendo alguns cursos e buscando uma forma de atuar como afiliado de uma forma bacana sem a mesmice que eu vejo por aí.


#34

Olá Fabiana,

Obrigado pela resposta.
Você já tem um conhecimento nessa area?
Quando vc se refere à mesmice, oq vc quer dizer?

Agradecido.


#35

Nossa que legal! Tomara que dê certo!


#36

Rafael, eu estou vendo blogs, vídeos no youtube sobre o tema e vou ver se adquiro o curso que o Eduardinho citou que é o Máquina de Vendas Online.

Eu falo mesmice porque a grande maioria faz a mesma coisa, tipo você entra em um blog e parece que você já sabe que ele é afiliado de algo só pelo conteúdo das postagens . A história repetitiva de que “só querem nos ajudar”, de que devemos ser “gratos”, que devemos “correr para não perder a oportunidade de adquirir o curso x”, e por aí vai.

Digo isso, porque pesquisando na net vejo que a grande maioria utiliza dos mesmo “gatilhos mentais” e técnicas de persuasão seja para o marketing digital, como para o marketing de afiliado e até para os blogs de ganhar dinheiro.

Aí me vem a dúvida se é só esse tipo de estratégia ou técnica que dá certo, pois vejo que todos usam ou só funciona para os que fazem parte de um grupo (se autopromovem e também promovem os produtos dos seus amigos)? Também falo isso por experiência pois já me inscrevi em várias listas desses “majors” ou “elites” e eles fazem sempre a mesma coisa e promovem a mesma coisa e sempre falam que tudo isso é para nos ajudar.

Eu acho muito repetitivo, parece um falso “valor”. Gostaria de algo verdadeiro, entende, mas aí vem a questão que eu fiz acima, será que interessa para as pessoas, isso vende? Afinal tem de ter público né. Por isso eu acho que estou empacada e também acho que me autossaboto, rs.

Desculpe o texto longo, mas gostaria de uma luz.
Ah, já ia me esquecendo, o Eduardinho foi um dos únicos que não vi fazer isso no seu site, e-mail marketing, etc, no antigo Carteira Rica. Eu estou vendo o Eduardinho promover produtos de outros agora, mas de forma bem sutil, por isso, inclusive vou dar uma olhada nesse curso que citei no começo do texto.


#37

Nossa Fabiana,

Você entende bem dessas coisas kkkkk.
Pelo jeito estou bem verde kkkkk
Eu também gostaría de realizer uma renda extra, mas como você disse, é muita coisa igual e me parece dificil conseguir algo se não está no meio deles.
Caso queira compartilhar comigo seus próximos passos, estarei aqui pra acompanhar rs.
Eu vou junto :slight_smile:

Obrigado.


#38

Com relação ao concorrente do Urbe.me, @eduardinho, os parceiros entrariam somente com a parte financeira ou atividades específicas? Pensei numa grande sociedade de alunos do Carteira Rica tocando o negócio.


#39

@eduardinho eu acompanho seu canal no YouTube há um bom tempo, e o conteúdo sempre foi ótimo, mas agora está cada vez melhor. É nítida a sua evolução nos videos, com edições melhores e mais agradaveis com mais dinamismo. Parabéns! O crescimento da quantidade de inscritos será consequência. O mais importante é a qualidade do seu público e não a quantidade. Abraço.


#40

Oi @Andre , não sei se entendi bem a sua pergunta.
Desenvolvimento de app eu entendo que você sabe que dá dinheiro, correto? Um app sai na faixa de 100 mil reais, quando entrem em contato com umas empresas para orçar.
Mas você quer dizer com o app em si, se você desenvolver, é isso?
Dá dinheiro demais ou nenhum, depende do app.
Agora um app aparentemente inútil pode dar muito dinheiro… se você pensar em Big Data muita gente está lançando apps gratuitos para coletar informações dos usuários, processar e vender para empresas.
Se você tem informação, por exemplo, de que área tem mais renda, de que área tem mais isso, mais aquilo, você vende para uma construtora, por exemplo (bem hipotético) a informação de que em tal lugar seria bom fazer um lançamento imobiliário.
Às vezes isso vem de um app que nada tem a ver com imóveis. O que se quer saber é o perfil de um público e a sua localização.
Abs.


#41

Valeu @Hugo ugo, grande abraço!
Estou tentando me aprimorar, até mesmo em termos de linguagem. Mas estou tranquilo.